InspiraçõesNEW IN

Dizem que a cidade do amor é Paris ou Veneza, e acreditamos que sim.

Mas cidade do amor são todas as cidades que iluminam o amor e que nos mostram que amar é próprio não só dos casais românticos, mas também do ser humano.

E onde pode amar em Lisboa? Em todo o lado! Mas aqui damos-lhe os spots mais obrigatórios para o amor:

Mosteiro dos Jerónimos

O indiscutível ladrão de corações de Belém é o Mosteiro dos Jerónimos Património da Humanidade pela UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. O Mosteiro dos Jerónimos é material de pura fantasia: uma fusão da visão criativa de Diogo de Boitaca e das especiarias e das pimentas de Manuel I, que o encomendou a Vasco da Gama na descoberta de uma rota marítima para a Índia em 1498.

Os Jerónimos foram outrora povoados por monges da Ordem de São Jerónimo, cujo trabalho espiritual durante quatro séculos foi consolar os marinheiros e rezar pela alma do rei. Quando a Ordem foi dissolvida em 1833, o mosteiro foi utilizado como escola e orfanato, até cerca de 1940.

Quando entra na igreja através do portal ocidental, vai notar colunas em forma de tronco de árvore que parecem crescer até ao teto, que é em si uma teia de aranha de pedra. As janelas têm uma suave luz dourada sobre a igreja. Vasco da Gama está na capela-mor, à esquerda da entrada, em frente ao poeta do século XVI Luís Vaz de Camões.

Quer melhor monumento ao amor? Não há. Venha namorar aqui!

Castelo de São Jorge

Acima de Lisboa, as fortificações no topo da colina de meados do século XI infiltram-se dramaticamente em quase todas as fotografias e nos cenários perfeitos para os instagramers. Se cá vier celebrar o seu amor, aconselhamos a percorrer as muralhas serpenteantes do castelo e pátios com pinho para vistas mágicas sobre os telhados vermelhos de Lisboa até ao rio.

Estas muralhas viram tudo – visigodos no século V, mouros no século IX, cristãos no século XII, reais dos séculos XIV a XVI, e os condenados em cada século.

Dentro da Torre de Ulisses, uma câmara oferece uma vista única de 360 graus de Lisboa, com demonstrações de 20 em 20 minutos. Há também algumas galerias com relíquias dos séculos passados, incluindo vestígios do bairro mouro do século XI. Mas o destaque é a vista – tal como a sensação de viajar no tempo no meio de pátios fortificados e muros altos. Há também alguns cafés e restaurantes para onde se pode viajar no tempo.

Por isso, tratem-se como Reis e Rainhas e namorem neste local mágico e romântico de outrora.

Oceanário de Lisboa

Depois há os namorados e namoradas amantes do mar e temos muita costa para explorarem. Mas temos também o Oceanário de Lisboa.

O Oceanário é o mais próximo que tem de mergulhar sem fato de mergulho. Tem 8000 criaturas marinhas a saltar, espreitar e rebolar em 7 milhões de litros de água do mar e nenhuma hipérbole lhe faz justiça. Grandes tanques envolventes fazem-nos sentir como se estivéssemos debaixo de água, como se estivéssemos a ver tubarões-zebra, raias alveoladas, mantas deslizantes e cardumes de peixes envolvidos em luzes néon.

Fique atento aos dragões marinhos, grandes peixes solares do oceano, medusas de outro mundo, lontras marinhas brincalhonas e às enguias. Sim, às enguias de todos os tipos! Também vai querer ver a floresta tropical recriada, os recifes de coral e os pinguins no gelo.

Assim, se o seu namorado ou namorada gostar do mar, não há o que enganar, este é mesmo o lugar onde devem estar!

E por cá, também nós estaremos, todos os dias, todas as semanas, para lhe dar as melhores indicações, as melhores experiências e as melhores informações e ações sobre Lisboa. Siga-nos aqui e nas nossas redes sociais!

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *