MobilirideNEW INNEW LINE

Se Portugal é o melhor destino da Europa, é também em razão da facilidade para se locomover. Lisboa, por exemplo, é paragem obrigatória para visitantes que querem conhecer um pouco mais da cultura de cá. E o melhor, é um sítio que oferece muitas opções de transporte.

Para conhecer Lisboa de verdade, nada melhor do que vivenciar a rotina dos lisboetas. Para isso, o transporte público é a melhor opção. Mas…sabe por onde começar ou ainda a escolha ideal para os seus passeios? A Lisboa Ride dá as dicas para escolher o transporte mais adequado para cada ocasião.

Passeios a pé

Antes de se aventurar pelas ruas lisboetas, saiba que a maioria é de pedra. Para além disso, há ruas estreitas e muitas escadas. Então, é preciso usar um calçado confortável e que não escorregue ao subir uma ladeira. E sim! Lisboa é a cidade das 7 Colinas. Esteja preparado para subir e descer as suas ruas íngremes. Uma dica importante é procurar um serviço de turismo para um tour guiado e, assim conhecer os segredos de cada canto da cidade.

Tuk Tuk

Este tipo de veículo é comum em países do Oriente, há alguns anos tornou-se também um símbolo de Lisboa. É um veículo arejado, que permite apreciar a paisagem durante todo o passeio. Há roteiros prontos ou podem ser escolhidos pelo cliente. Entretanto, fique atento na hora de escolher o serviço. Perceba se o condutor fala o seu idioma e que conhece bem a cidade. Existem ainda os roteiros temáticos, como os gastronómicos ou os passeios que são uma oportunidade para conhecer a arte das ruas de Lisboa. Por este motivo, um único passeio pode durar algumas horas.

 Metro

O metro é a forma mais rápida para chegar a muitos sítios da cidade. Embora, não haja estações em todos os bairros de Lisboa. O trajeto de metro pode ser parte do caminho, entretanto, passa nas principais zonas de cidade. Podemos concluir com certeza que é uma boa escolha! Nos fins de semana o número de comboios é reduzido, mas o metro funciona diariamente das 6h à 1h da madrugada. Fique atento ao mapa: as linhas de metro são divididas nas cores amarela, verde, azul e vermelha.

A linha amarela e a linha azul levam-nos para outras cidades vizinhas, como Amadora e Odivelas. No momento da compra dos passes deve ficar atento. Mais informações sobre horários e linhas do metro aqui.

Autocarro

Lisboa oferece ainda uma grande variedade de linhas de autocarro que levam os turistas para todos os sítios da cidade, principalmente para aqueles onde não há metro. Os autocarros que circulam dentro de Lisboa são da Rede Carris. Ao contrário do metro, muitas linhas de autocarro funcionam durante a madrugada. Para facilitar, compre o passe antecipadamente.

 Elétricos

Os famosos elétricos que estampam postais e publicações no Instagram são sucesso entre turistas. Entretanto, não são apenas um símbolo. Este tipo de transporte é muito usado pelos moradores de Lisboa para se deslocarem de um ponto a outro. Não estranhe ao se deparar com um elétrico moderno e articulado. Este modelo é usado na linha 15E, pois não há subidas ou descidas no trajeto. As restantes linhas são atendidas pelo famoso elétrico amarelo.

Ascensores e elevadores

Lisboa conta com uma ajuda nalguns pontos estratégicos da cidade: os elevadores e ascensores. São eles: ascensor da da Bica, da Glória e da Lavra. Também há o elevador de Santa Justa, na região da Baixa-Chiado. Mas fique atento: para todos eles é preciso ter o passe antecipado.

Para saber mais sobre as linhas de autocarro, como planear a sua viagem ou mesmo saber mais detalhes sobre os ascensores e elétricos, aceda ao site da Carris.

 Comboios

A partir de Lisboa é possível visitar cidades próximas que pertencem ao distrito, como Cascais e Sintra. À diferença do metro, o comboio não é subterrâneo. Por isso, um passeio deste tipo é bom para apreciar a paisagem. O comboio ainda nos leva a outros sítios da cidade onde também não há metro, como é o caso da Torre de Belém ou do Mosteiro dos Jerónimos. No zona central da cidade, as principais estações de comboio são: Cais do Sodré (linha de Cascais), Rossio (linha de Sintra) e Santa Apolónia (linha do Norte). Mas há mais sítios onde o comboio passa por dentro da cidade, pode consultar mais informações sobre horários e linhas aqui. 

Barcos

Caso queira sair de Lisboa em direção à margem sul, o mais indicado é apanhar um barco para atravessar para a margem sul do Tejo. A linha de Cacilhas é a que leva até ao Cristo Rei, em Almada,  a mais usada pelos turistas. As estações fluviais dentro de Lisboa são em Belém, Cais do Sodré e Terreiro do Paço. Para saber mais informações sobre horários e linhas, veja aqui

Onde comprar os passes:

Para clientes ocasionais, as empresas de transporte orientam os passageiros a comprarem os seus passes nas máquinas ou nos balcões de atendimento dentro das estações. As máquinas aceitam cartões bancários, notas de 5€ e 10€ ou moedas. Quem preferir comprar no balcão, fique atento, pois nem sempre estão abertos.

 Lisboa Card

Quem pretende visitar museus e demais atrações da cidade, uma dica é adquirir o Lisboa Card, válido para o metro, autocarros, eléctricos e elevadores da Carris, assim como entrada gratuita em museus e monumentos. Mais informações aqui.

Com estas dicas, fica mais fácil de planear sua viagem ou passeio. Até porque já sabes…Portugal foi eleito, pela 4ª vez consecutiva, o melhor destino da Europa! Quer saber os motivos? A Lisboa Ride te ajuda a descobrir!

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *