Just Eat&DrinkNEW LINERestaurantes

Todo os clientes que entram são tratados como amigos. Esta é a filosofia deste restaurante de comida típica alentejana em Lisboa. Dos pratos típicos às sobremesas, uma experiência neste sítio é inesquecível!

Ao entrar no Solar dos Nunes, irá ser recebido como se estivesse a visitar um familiar ou mesmo um amigo. Esta é a forma como a família Nunes trabalha e é o que transforma o restaurante num sítio acolhedor onde se faz amigos.

Muito frequentado pelos lisboetas, o Solar dos Nunes não costumava estar na cena do turismo. Entretanto, de uns anos para cá, isso mudou. É que a tradição alentejana em forma de pratos deliciosos que caiu no gosto de toda a gente. 

Toda a gente mesmo! Quem está acostumado aos holofotes escolhe o Solar dos Nunes para refugiar-se. O restaurante é o “preferido” de personalidades famosas, como Madonna, Julio Iglesias, Caetano Veloso e Gilberto Gil. Até mesmo o atual Primeiro Ministro António Costa aprecia bons pratos no Solar. E como sabemos disto? É que tudo fica registado em fotografias espalhadas pelas paredes do restaurante. Os Nunes fazem questão de guardar momentos como este, para lembrar que sempre estiveram de portas abertas a todos!

A experiência gastronómica: o Alentejo em cada detalhe 

@christianabernardes

É possível sentir-se na região do Alentejo a cada prato que chega à mesa. A Lisboa Ride teve a oportunidade de fazer a experiência, que envolve uma sequência de pratos de sabores inigualáveis.

De entrada, uma tábua composta de presunto Pata Negra Bellota, queijo fresco, azeitonas e pão alentejano. Logo de seguida, um Caldo de Cação à moda da Casa D’Avó, uma sopa de pão, típica do Alentejo.

Pensa que esse foi o prato principal? Está enganado. Ainda deliciámo-nos com uma cataplana de marisco especialmente servida à nossa equipa.

Tudo isto acompanhado de vinho tinto alentejano. Quem conhece sabe…uma combinação perfeita!

@christianabernardes

Para terminar, uma surpresa deliciosamente agradável: um banquete de sobremesas! Isso mesmo. pudim flan, mousse de chocolate caseira, farófias, leite creme queimado e arroz doce.

Em média, gasta-se de 25 a 30 euros por pessoa no Solar dos Nunes. E vale cada cêntimo! 

@christianabernardes

A dica da Lisboa Ride

A dica da Lisboa Ride é fazer toda essa “trajetória” gastronómica. Não peça o prato principal sem, pelo menos, experimentar uma das entradas que ainda podem ser: cogumelos selvagens com bacon, Gambas à Guilho, Paio de Serpa ou ainda o Cocktail de camarão à Chefe. Os valores variam de 5 a 7 euros, exceto as Gambas que tem o valor ao quilo. Mas atenção: estas são apenas algumas das opções!

Entre os pratos principais, há 18 só à base de carne, como o Picadinho de lombo à Madeirense, Medalhões D’El Rei no carvão ou ainda o bife de vitela à Casa “O Máximo”. E não pense que pára por aí! Se é um apreciador (a) de carne de caça, o Solar oferece um vasto menú de pratos deste tipo. Há também os peixes e frutos do mar como o Robalo do Bugio no grill, Linguado da traineira à Delícia e Enfiada de tamboril com marisco e ananás. Aliás, há uma parte do menu só com opções de mariscos. Uff, quantas coisas!

Agora…as sobremesas…hummm, todas são de fazer água na boca. Para além das que experimentamos, há muitas mais. Mas não vamos aqui adiantar quais sabores escolher. Este artigo é para vos contar a nossa experiência, mas é preciso viver a sua. Delicie-se!

Um refúgio de artistas

O Solar dos Nunes nasceu do amor de um casal. José Nunes, de Cabanas de Viriato e Ana Luísa Nunes, de Serpa, no Alentejo, uniram o melhor das cozinhas destas duas regiões de Portugal e trouxeram para Lisboa. Desde 1988 o restaurante permanece na Rua dos Lusíadas. Hoje o Solar dos Nunes é administrado pelo filho do casal, José António Nunes, ou simplesmente Zé Tó como é carinhosamente conhecido. 

No início a casa oferecia apenas pequeno-almoço, mas aos poucos cresceu, aprimoraram-se os menus e o sucesso tornou-se tradição. 

Um dos detalhes mais importantes para tantos anos em funcionamento: receber os clientes com amor. Isto tornou-se a alma do negócio. Cada cliente que entra no Solar é um amigo da família. E é assim que é tratado. 

Como já dissemos, o Solar dos Nunes é destino certeiro de artistas e celebridades. Todavia, esta tradição já é antiga. É que muitos fadistas e artistas que fazem de Lisboa um importante centro cultural no mundo procuravam um sítio que oferecesse uma boa comida após o encerramento dos espetáculos. Encontraram no Solar justamente isto: um sítio aconchegante e com boas refeições fosse 1h, 2h ou 3h da manhã. 

Por isso, o Solar dos Nunes não oferece apenas um almoço ou um jantar. Oferece toda a história por trás deste sítio que é um reduto de amigos. A experiência gastronómica irá lhe mostrar o melhor do Alentejo com um tom lisboeta surpreendente, parece confuso? Experimente e irá entender!

Let’s Take a Ride?

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *