Just Eat&DrinkNEW INRestaurantes

Uma casa num sítio privilegiado em Lisboa transformou-se num restaurante de comida típica portuguesa. Há três anos o Solidó, na emblemática Calçada do Duque em Lisboa, chama a atenção pelos sabores e pelo fado. 

Subir ou descer as escadarias da Calçada do Duque é, por si só, um programa imperdível em Lisboa. E ao fazer isto, irá descobrir que este sítio histórico é também um reduto dos mais diversos tipos de restaurantes, principalmente os de cozinha tradicional portuguesa. 

Aprecia cada detalhe da Calçada, pare, olhe à sua volta. Estará num dos sítios mais lisboetas da cidade. E quando passar em frente ao Solidó, um restaurante com um toque de casa, entre. E surpreenda-se. 

Da casa ao restaurante

O casal Margarida e António Moura, que já são os proprietários do Solar do Duque (também na Calçada do Duque) moravam na casa onde era o Solidó. E a habitação ampla e de dois andares deu lugar ao projeto do casal que completou três anos agora em 2020. A Margarida é a autora dos pratos da cozinha típica portuguesa. Sim! Ao escolher o Solidó, irá experimentar o sabor típico, mas sempre com um toque especial e inovador. A ideia é que o tempo no Solidó seja uma experiência inesquecível para todos os clientes. 

Culinária portuguesa e tempero de família

foto @christianabernardes

A Lisboa Ride viveu esta experiência no Solidó e garante: não é apenas a comida, não é apenas o vinho, não é apenas o fado. Cada momento completa o outro e todos são motivo para que o cliente queira voltar à casa. 

O menu é mesmo um espetáculo. Dividido em partes como se fosse uma peça de teatro, convida o cliente a seguir a “peça”. A “Primeira Cena” é um menu especial servido até 11h30. Todavia, há ainda o que não pode faltar à mesa portuguesa: pão, azeitonas ou uma tábua de enchidos e queijo. Estas opções e muito mais são a “Segunda Cena” da ementa. 

As entradas frias ou “Do Camarim” oferecem sardinhas portuguesas, salada de bacalhau à Portuguesa ou ainda Salada de Polvo. E quem escolher assistir ao espetáculo direto “da Plateia”, irá deliciar-se com as entradas quentes, como Moelas à Portuguesa ou os tradicionais Peixinhos da Horta. A dica da Lisboa Ride é pedir como entrada a tosta de pão caseiro, com queijo de ovelha ao forno, doce de tomate e avelãs tostados. A combinação é perfeita! 

Logo depois, o prato principal…e claro que não poderia faltar a estrela da culinária típica: o bacalhau. Provamos o Bacalhau com broa. Acompanhado de broa de milho, batata doce e molho de pimentos vermelhos.  

foto @christianabernardes

Finalmente, a sobremesa, ou melhor, o “Último Acto”. Escolhemos uma deliciosa mousse de limão. Hummm…indescritível! 

Para além das nossas dicas, o menu do Solidó oferece muito mais. Da primeira cena ao último acto, pode aventurar-se pelos sabores que ainda não experimentou bem como optar pelo seu prato favorito. Qualquer uma das escolhas será certeira. 

O Fado e os vinhos especiais  

Ouvir fado a saborear um vinho que não está à venda no supermercado. Para além de servir o que há de melhor da cozinha portuguesa, o Solidó convida a todos a apreciar este momento tão lisboeta. Todos os dias, a partir das 19h, há concerto de fado no restaurante. Na voz estão Filipa Biscaia, Valéria Carvalho e Adelino Guimarães. Acácio Barbosa na guitarra portuguesa e Luís Guimarães na guitarra clássica compõem o elenco de músicos e fadistas do restaurante. Há intervalos de 15 minutos entre as apresentações. 

A carta de vinhos é outro detalhe que faz a diferença no Solidó. O restaurante optou por servir rótulos que não estão à venda nas prateleiras de supermercados. A Raquel Correa, responsável pelo restaurante, diz que o objetivo é justamente proporcionar o que há de mais português: bons vinhos ao som do fado. Alguns dos rótulos levam o nome do próprio restaurante. Para além, há oferta de outras bebidas alcoólicas típicas de Portugal e uma carta de cocktails.  

O preço médio por pessoa no restaurante varia de 25 a 30 euros e não cobrança de taxa para o espetáculo de fado. 

Por fim, o Solidó consegue reunir o que há de mais tradicional na culinária portuguesa com um toque de “casa”. E ao combinar o fado à qualidade dos vinhos servidos, a experiência no restaurante transforma-se numa imersão à cultura típica. Uma imersão que o convida a voltar sempre. 

Vai perder esta experiência?

Let’s Take a Ride!

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *