CulturaNEW IN

A capital lisboeta respira cultura. E parte disto está nos acervos em museus espalhados pela cidade. A Lisboa Ride mostra-lhe apenas alguns deles. No entanto, há muito por descobrir!

Se vier a Lisboa com o objetivo de conhecer museus, prepare-se. São muitos! A capital lisboeta é um centro de arte de todos os tipos. Da antiga à contemporânea. Fado, arte popular, colecções particulares e os segredos dos mares estão expostos em vários sítios da cidade. 

Por isso a Lisboa Ride preparou uma lista com alguns dos muitos museus de Lisboa para escolher e poder visitar. Alguns oferecem entrada grátis em determinados dias da semana ou do mês. A dica é pesquisar antes de comprar os bilhetes.

Preparado para esta experiência? Então veja os museus que contam um pouco da história de Portugal. 

Museu Nacional do Azulejo

foto @christianabernardes

Começamos a nossa lista com um símbolo de Lisboa. Quem visita Portugal gosta de levar para casa uma lembrança típica e o azulejo é uma delas. E qual será a história deste símbolo? As colecções de mais de 500 anos do Museu Nacional do Azulejo pode ensinar um pouco sobre a cultura portuguesa. 

Antes de se transformar no que é hoje, o prédio abrigava o Mosteiro da Madre de Deus, fundado em 1509 pela Rainha D. Leonor (1448 – 1525). 

O museu possui uma coleção permanente de azulejos de várias épocas, pintados à mão. 

Reserve pelo menos uma tarde para visitar os principais sítios: Sala de Grande Vista de Lisboa, a Igreja e a Capela de Santo António. Outra dica é apreciar uma das principais obras-primas do museu: a Nossa Senhora da Vida, do século XVI e composta por 1498 azulejos. Consulte os preços e horários de entrada do museu aqui

Onde fica? Rua Me. Deus 4 | Lisboa 

Museu Nacional dos Coches 

foto @christianabernardes

Quer fazer um passeio inesquecível para toda a família? Então vá ao Museu Nacional dos Coches. É a mais importante colecção do género no mundo com cerca de 9 mil peças, sendo as viaturas as mais importantes. São carruagens, liteiras, coches e berlindas do século XVII ao XIX. As peças, todas muito enfeitadas e luxuosas, pertenciam à Casa Real e são uma viagem ao tempo da monarquia. O acervo fica em dois edifícios: no antigo Picadeiro do Palácio de Belém e o novo edifício, em frente, inaugurado em 2015. Paragem obrigatória numa visita a Lisboa! Aceda a este link para saber mais sobre horários de visitas e preços dos bilhetes. 

Onde fica? Avenida da Índia e Praça Afonso de Albuquerque | Lisboa 

Museu Calouste Gulbenkian

foto @christianabernardes

A arte antiga preenche acervos de muitos museus de Lisboa. Um deles é o Museu Calouste Gulbenkian. Neste sítio há várias colecções, mas o destaque é para o acervo do fundador, o empresário e colecionador de arte Calouste Sarkis Gulbenkian (1869-1955). São peças que ele coletou nas viagens que fez pelo mundo. A amostra permanente é formada por esculturas, telas e peças de origem greco-romana, egípcia e islâmica. Além disso, há pinturas de mestres holandeses, porcelana Qing, arte impressionista e um salão dedicado às joias do designer francês René Lalique. Deve também dedicar algum um tempo para conhecer a Coleção Moderna (fica em outro endereço!) ou  alguma outra amostra que estiver em exposição na época da sua visita. Informações sobre bilhetes e como planear a sua visita aqui

Onde fica? Coleção do Fundador: Avenida de Berna, 45A | Lisboa 

Coleção Moderna: Rua Rua Dr. Nicolau de Bettencourt, 1050 | Lisboa 

Museu Nacional de Arte Antiga

O nome do museu dá-nos uma ideia da sua grandeza. É onde está a mais importante coleção pública de arte antiga de Portugal. O Museu Nacional de Arte Antiga fica num palácio do século 17 e é uma atração à parte. Desde 1884, quando foi fundado, passou a receber doações até chegar a um acervo de 40 mil peças entre esculturas portuguesas, tapeçaria de Beauvais, pinturas e artes decorativas. Os tesouros mais antigos são da Idade Média! Durante a visita, aprecie obras como Painéis de São Vicente, de Nuno Gonçalves (1470) que cobrem uma parede inteira. A obra Tentações de Santo Antão, de Jheronymus Bosch (1500) e a arte oriental também são algo a não perder! Para saber mais sobre os descontos na compra de bilhetes, aceda aqui

Onde fica? Rua das Janelas Verdes | Lisboa 

Museu do Fado

O Fado é um dos principais patrimónios culturais de Lisboa. Nasceu nas classes mais populares do século 19 e ganhou fama internacional. No Museu do Fado pode conhecer as raízes do ritmo boémio e os acervos dos principais fadistas que ajudaram a construir esta história. O museu foi aberto ao público pela primeira vez em 1998 e alberga fotografias, partituras, contratos, trajes e documentos de importantes artistas. Além da colecção permanente, o Museu do Fado também dá espaço para mostras temporárias. Por isso, fique atento à agenda de eventos. Se quiser conhecer ainda mais sobre o Fado, visite a Casa Museu Amália Rodrigues e conheça um pouco mais sobre a vida da fadista mais importante de Portugal, que ajudou a levar o Fado aos quatro cantos do mundo. 

Onde fica? Largo do Chafariz de Dentro, N.º 1 | Lisboa 

Museu de Marinha

Navegue pela Era dos Descobrimentos no Museu de Marinha. Com certeza você perceber melhor a forte relação dos portugueses com o mar. Aqui é possível observar as esquadras dos antigos navios, balas de canhão e até restos de naufrágios! Algo interessante também são os pertences usados por Vasco da Gama, no século 17. Outro sítio interessante, entretanto, são os aposentos do iate Amélia, usado pela realeza. O museu possui mais de 18 mil peças. Destas, 2.500 fazem parte da exposição permanente. Entre as principais salas para visitar estão: Sala dos Descobrimentos, Marinha de Recreio, Grandes Veleiros e Pavilhão das Galeotas

Pronto para a aventura? Mais informações sobre a compra de bilhetes aqui

Onde fica? Praça do Império | Lisboa   

Museu do Oriente

Os navegadores portugueses também se aventuraram na Ásia e parte desta história está registada no Museu do Oriente. O prédio fica na Doca de Alcântara, num antigo armazém de bacalhau reformado para este fim. São duas exposições permanentes. Uma delas,  “Presença Portuguesa na Ásia”, fica no primeiro andar. Aprecie as raras telas chinesas e as porcelanas Ming. No segundo andar está a exposição “Deusas da Ásia”, com mais de 13 mil peças. O museu também dá espaço para as exposições temporárias. Ao longo do percurso, vai se deparar com máscaras, estátuas e muitas peças mitológicas e misteriosas! Informações sobre preços e entradas grátis aqui

Onde fica? Av. Brasília, Doca de Alcântara – Norte |  Lisboa (entrada pela Av. 24 de Julho) 

MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia

foto @christianabernardes

Um prédio imponente, com um design arrojado que chama a atenção ao longe. Este é o MAAT, inaugurado em 2016, em Belém, Lisboa. Se o Padrão dos Descobrimentos e a Torre de Belém nos dã a sensação de viajar ao passado, o MAAT é um convite para olhar para o futuro. Como o nome mesmo diz, este sítio engloba três áreas: as artes, arquitetura e a tecnologia. As visitas podem ser divididas em duas partes: uma galeria de arte contemporânea que fica no prédio moderno e a exposição de ciências e tecnologia, no prédio em anexo em estilo industrial. Estudantes e pessoas com mais de 65 anos pagam meia entrada. E o melhor…a entrada é gratuita todo o primeiro domingo de cada mês!

Museu Coleção Berardo

foto @christianabernardes

Um sítio para encontrar o melhor da arte moderna e contemporânea em Lisboa. O acervo do museu é resultado da coleção que José Manuel Rodrigues Berardo reuniu por duas décadas. São mais de 800 obras expostas em mostras permanentes e temporárias de artistas de Portugal e de outros países. Entre as obras, estão peças de autores como Pablo Picasso, Salvador Dalí, Marcel Duchamp, Piet Mondrian, Joan Miró, Max Ernst, Vieira da Silva, Francis Bacon, Andy Warhol, Donald Judd, Bruce Nauman ou Cindy Sherman. Aos sábados a entrada é gratuita.

Onde fica? Avenida Brasília, Belém | Lisboa

Gostou das dicas? Siga-nos nas redes sociais!

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *