Lisboa RideNEW LINE

Nas festividades do 48º aniversário do 25 de Abril, o Museu do Aljube e Abril na Rua – EGEAC propõem um programa com música de intervenção, murais e convívio para celebrar a liberdade. com curadoria de Luís Varatojo, a festa acontece tem entrada livre, sujeita a lotação

Além disso, de março a novembro de 2022 correrão, sempre às 18h, no auditório do Museu do Aljube da Resistência e da Liberdade, ciclo de conversas sobre a revolução para celebrar a luta de todos os dias. A programação completa do ciclo “E se trocássemos umas ideias sobre a Revolução?” pode ser vista aqui.

As artes da revolução


Nos dias 14, 16, 19 e 21 de abril, também no auditório do Museu acontece um ciclo de conversas sobre “As Artes da Revolução”. Uma reflexão de como inúmeras expressões artísticas representaram formas de resistências e eclodiram com a conquista da liberdade no 25 de Abril de 1974.

14 ABR – QUI, 18H30

A arte saiu à rua
Com Tiago Baptista

16 ABR – SÁB, 16H00

A cantiga é uma arma
Com Manuel Pires da Rocha

19 ABR – TER, 18H30

A revolução atrás das lentes
Com José Soudo

21 ABR – QUI, 19H00

Outro país
Sérgio Tréfaut
1999, 70′, documentário

A Revolução está na Rua


Nos sábados 16 e 23 de abril as 10h30 da manhã, o Museu promove um percurso no qual mostram alguns locais e momentos determinantes do dia 25 de Abril e do processo revolucionário de 1974 e 1975. Para participar desse percurso cultural e histórico é preciso fazer a inscrição pelo e-mail inscricoes@museudoaljube.pt

E para os miúdos de 6 a 10 anos, será apresentado a peça de teatro “Não se deixem enganar!- Um conto panfletário de 2019!”, do Projeto Histórias Magnéticas. O espetáculo acontece no Museu do Aljube no dia 17 de abril às 11hoo da manhã. Para assistir, deve se fazer a inscrição obrigatória no através do inscricoes@museudoaljube.pt

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *